Fita cola de cobre

A condução de energia eléctrica ao motor do carro pode ser conseguida de duas formas, através da fita cola de cobre ou fio trançado. Neste caso utilizei a fita de cobre, a sua aplicação é mais prática e rápida, e embora a longo prazo possa ser necessário mais manutenção o custo final é muito mais reduzido.

Características

A fita é comercializada em rolos de 33m de cumprimento, 5,5mm de largura e menos de 1mm de espessura, tem boa aderência ao MDF não sendo necessário a utilização adicional de cola. O cobre é um bom condutor de energia, mas para que a corrente ao longo do traçado seja homogénea, torna-se necessário efectuar uma ligação à fonte de alimentação a cada 5m. Este valor é variável dependendo da qualidade da fita e da eficácia das ligações à fonte de alimentação.

Onde comprar?

Esta fita é muito utilizada pelos vitralistas, foi adquirida na DecoVitral em Oliveira de Azeméis. Actualmente a página web desta empresa já não está disponível, não sei se a loja fechou. Em alternativa existe a loja Vitrálica, também dedicada ao vitral, com envio por correio. Para quem não tiver problemas com compras on-line no ebay.co.uk basta fazer uma pesquisa por "copper tape".

Ferramentas utilizadas

  • Tesoura;
  • caixa;
  • x-acto.

A tesoura serve para cortar a fita quando necessário.

A caixa serve para colocar o rolo de fita de forma a estar sempre na posição correcta para desenrolar e não torcer a fita.

O x-acto é a ferramenta mais importante e foi utilizado como espátula. Para que a fita fique bem colada ao MDF é necessário exercer alguma pressão sobre a mesma. Para isso utiliza-se um qualquer objecto que sirva de espátula para exercer a pressão necessária. No meu caso utilizei um pequeno x-acto de plástico, a parte contrária à parte da lâmina, por ter uma forma arredondada, pouco mais larga que a fita, leve, de fácil manuseamento e com pouca aderência ao cobre.

  • A forma arredonda é importante para não rasgar a fita.
  • O tamanho do objecto deve permitir boa visibilidade sobre a área que se está a colar.
  • O peso e a forma devem permitir um fácil manuseamento.
  • O tipo de material deve permitir que o objecto deslize sobre a fita sem a danificar. O plástico é ideal, a borracha não é aconselhável.

Como aplicar?

A aplicação da fita é bastante simples e rápida, mas requer paciência e concentração.

A colagem deve ser feita de uma só vez, não necessitando de aplicação de cola extra, em caso de erro e se for necessário descolar a fita a cola já não adere da mesma forma. Por isso, a concentração é importante para que a aplicação seja perfeita.

A fita deve ser aplicada com um afastamento de menos de 1mm da borda da calha. Ou seja, a fita não deve tocar a borda da calha nem deve ser dobrada para dentro da calha. A passagem do patilhão/guia do carro provoca o desgaste rápido da fita se esta estiver junto à calha.

A fim de conseguir uma colagem uniforme e sem erros, retirei a película de suporte cerca de 5cm de cada vez, encostei a fita ao MDF sem a colar, uma mão segura a fita exercendo alguma força para a esticar, e a outra mão com o x-acto cola a fita exercendo pressão. A fita deve ser um pouco esticada para evitar que se descole com facilidade, mas força em excesso pode rasgar a fita (1).

Nas curvas de raio mais reduzido procedi da mesma forma, mas aqui colei menos fita de cada vez. Ou seja, retirei cerca de 1 a 2cm de película de suporte de cada vez, colocando a fita de forma a fazer a curva e efectuei pequenas passagens com o x-acto na diagonal, do lado de fora da curva para dentro. Ao tentar fazer a curva, e durante a colagem, a fita faz pequenas ondas, mas devido à flexibilidade da fita essas ondas desapareceram com a passagem do x-acto. O importante é ter muitas ondas mas pequenas.

(1) Durante o processo de colagem e ao esticar a fita, esta rasgou-se por estar a exercer demasiada força. A solução foi sobrepor um pouco de fita e continuar a colagem. Posteriormente uni as duas pontas com um pouco de solda. A fita sobreposta não faz contacto, tem de ser soldada.
Para que o pingo de solda não fique acima da superfície do MDF, podendo provocar a saída do patilhão da calha, e um barulho indesejado na passagens dos carros, efectuei uma ranhura no MDF com cerca de 3mm de profundidade, da largura da fita e cerca de 3 mm de cumprimento. Depois dobrei a fita para dentro dessa ranhura e soldei as duas pontas. Seguidamente lixei o pingo de solda até este ficar à superfície do MDF. Não fica bonito mas é eficaz!


Esta pista contém um cruzamento de calhas e consequentemente um cruzamento da fita de cobre. Neste caso a fita de cobre não deve ser sobreposta, evitando um potencial curto circuito aquando da passagem do carro.

Por norma as escovas dos carros são de largura inferior à fita de cobre utilizada. Assim, a fita deve ser cortada junto à borda da fita que vai cruzar.


Factores importantes a reter:

  • Evitar erros, e colar a fita de uma só vez;
  • Aplicação com afastamento de menos de 1mm da calha;
  • Nas rectas aplicar cerca de 5cm de cada vez;
  • Nas curvas aplicar cerca de 2cm de cada vez, com passagem do x-acto na diagonal, de fora da curva para dentro;
  • Não esticar demasiado a fita, evitando que se rasgue;
  • A fita sobreposta não passa energia;
  • Não sobrepor a fita nos cruzamentos.

seguir para:



Partilhar no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

4 comentários:

  1. A pista sendo de outro material não corre o risco da eletricidade passar para esse suporte? Ou o adesivo desa fita possui algum isolamento para evitar essa passagem?

    ResponderEliminar
  2. Não fiz essa experiência, mas o adesivo não será um isolante eficaz. Pode especificar melhor qual o material que pretende utilizar?

    ResponderEliminar
  3. Minha ideia era aplicar em alumínio, sendo o caminho feito por CNC. Mas pelo visto essa fita não deve oferecer quase nenhum isolamento, até pq ela se encontra em sites de lojas para vitrais. =/

    ResponderEliminar
  4. Não aconselho a aplicação da fita de cobre numa pista em alumínio. Talvez resulte com a aplicação de uma tinta isolante no local onde a fita vai ser aplicada.

    ResponderEliminar